O que o meu paciente quer?


O que o meu paciente quer?

Simples, o mesmo que todo ser humano:


A felicidade.


Ou seja, transpondo para o nosso consultório e o tratamento, ele quer ficar satisfeito e feliz. Ah, quer também se sentir importante.


Sim, porque segundo Freud são três as maiores necessidades humanas: comer, fazer sexo e se sentir grande.


Isso quer dizer de que nada adianta você oferecer o melhor serviço do mundo, o melhor resultado de tratamento, se ao final da terapia ele se sentir infeliz ou descontente.


E essa falta de satisfação pode ocorrer por vários fatores, que vão desde a qualidade do atendimento, até a simpatia do profissional, passando por pontualidade das consultas, qualidade do equipamento, conforto e tempo do tratamento, higiene, disponibilidade da equipe, atenção dos funcionários, facilidade de estacionamento, padrão das instalações, capacidade tecnológica, qualificação da informação, presteza na solução de problemas e talento comunicativo.


Mas aqui vai um lembrete, também não adianta fazer tudo certo no atendimento, se, ao final, o tratamento não ficar bom.


O restaurante pode ter as melhores instalações, os melhores garçons, os melhores pratos e talheres, mas se a comida não for boa - nada feito.


Com a Ortodontia é a mesma coisa. Sem um sorriso estético e funcional ao final do tratamento ortodôntico - sem acordo.


Paciente gosta de se sentir importante, feliz e satisfeito; mas tudo isso tem que vir junto com dentes lindos, que combinem com a face e com os lábios.


Viva a Ortodontia!

57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo