Autor ou blogueiro de Ortodontia?


Não costumo postar críticas. Acho deselegante e sem necessidade. Mas se tem uma coisa que me preocupa é o grande número de “ensinamentos ortodônticos” equivocados nas redes sociais.

Não tem nada demais em ser “blogueiro” de Ortodontia. Eu mesmo tenho uma página sobre o assunto e você está nela agora.


Mas o que me preocupa é que de uma hora para outra vemos surgirem professores “descolados”, que não ministram cursos em congressos conhecidos, e pesquisadores “bacanas”, que nunca publicaram um artigo.


Sim, e o que isso quer dizer?


Quer dizer que ter o respaldo de eventos e revistas científicas é um bom começo para que possamos dar crédito ao referido blogueiro. Afinal, a Ortodontia é uma especialidade que requer muito cuidado e atenção, pois o seu correto ensinamento irá interferir na vida de milhares de pessoas.


Lembre-se, é muito fácil fazer uma foto bacana e escrever um texto legal. Difícil é submeter um artigo científico, para revisores pareados; e ser aprovado por um grupo de editores. Digo isso com o respaldo de quem já publicou muitos artigos no Brasil e exterior e foi editor-chefe, por três anos, da revista de Ortodontia mais popular do nosso país.


No post, os erros são livres. Nos artigos, o caminho é longo e criterioso.


Sei que alguns vão torcer o nariz. Sem problema, mas para o bem da Ortodontia alguém tem que ser sincero.


Viva a Ortodontia!

86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo