Diagnóstico em Ortodontia.


Diagnóstico bem feito é o único caminho para se obter um correto planejamento e um ótimo tratamento, com excelente resultado.

Em Ortodontia pode-se seguir várias etapas para se alcançar tal fim. O importante é que ao final no diagnóstico se crie uma lista de problemas que leve a melhor solução do caso.


Eu sigo os seguintes passos para fazer o meu diagnóstico e posterior planejamento em Ortodontia.


1. OCLUSÃO : examino a oclusão e estabeleço os objetivos;


2. FACE: observo se o arquétipo facial irá convergir ou divergir na obtenção das metas oclusais; Ou seja, a face irá atrapalhar ou ajudar no tratamento?


3. POEF: avalio e defino o posicionamento vertical dos incisivos;


4. Z DO PERFIL: analiso o Z do perfil facial e atento para as possíveis mudanças;


5. SEIS LINHAS HORIZONTAIS DO SORRISO: verifico as 6 linhas e defino os detalhes.


Importante 1: todas as etapas devem ser balizadas pela queixa principal.


Importante 2: Qualquer patologia (cárie, doença periodontal, DTM) deve ser eliminada antes de se iniciar um tratamento ortodôntico.


Acredito que esse é o passo a passo mais abrangente que posso fazer para alcançar com segurança os meus objetivos oclusais, estéticos e funcionais. Pois é um SORRISO PARA CADA FACE.


Viva a Ortodontia!


586 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo